Tudo o que você precisa saber sobre clareamento dental

Cada vez mais brasileiros estão em busca de algum tratamento estético e, dentre eles, um dos mais destacados no mercado é o clareamento dental. Afinal, um belo sorriso é capaz de quebrar o gelo e chamar a atenção de quem está a sua volta.

Mas, você sabe quais são os tipos de clareamento? Ainda existem muitas dúvidas sobre os tratamentos disponíveis e também sobre os procedimentos que os envolvem. Por isso, listamos aqui as principais questões referentes ao clareamento dental.

Quais são os tipos de clareamento dental?

O clareamento dental feito de maneira correta, com produtos certos, não enfraquece os dentes. Existem três procedimentos que podem ser realizados para o clareamento dos seus dentes, que são:

Caseiro

Tudo o que você precisa saber sobre clareamento dental, kit

Feito a partir de um kit para ser utilizado por três semanas, durante todos os dias, num processo que pode durar de 30 minutos. É o método mais utilizado para o branqueamento dos dentes, mais barato e também com a comodidade de realizar o tratamento sem auxílio profissional.

Para utilizar, é preciso aplicar um gel a base de peróxido de carbamida (ou de hidrogênio) em um molde personalizado. O molde também é feito em casa, seguindo as instruções do kit. Porém, alguns moldes podem ser feitos em um consultório ortodôntico.

Pode tornar o dente mais sensível e fazer com que o tratamento seja interrompido antes de obter o resultado desejado.

Profissional

Tudo o que você precisa saber sobre clareamento dental, procedimento

O procedimento profissional é feito pelo dentista em consultório, com produtos mais concentrados e resultados mais rápidos. O dentista pode ainda receitar um tratamento caseiro complementar, para resultados ainda mais duradouros.

Mesmo o tratamento caseiro pode – e deve – ser acompanhado por um dentista, que vai orientar sobre os produtos e as contraindicações de uso. O tratamento de maior prazo pode causar desconforto ao paciente e o acompanhamento de um profissional é a opção mais sensata para qualquer tipo de diagnóstico.

A Laser

Tudo o que você precisa saber sobre clareamento dental, a laser

É a maneira mais rápida e efetiva, porém mais cara. O tratamento a laser é feito somente em consultório. O clareamento é eficiente e tira a sensibilidade dos dentes, segundo o dentista Linneu Cuffari, especialista em traumatologia bucomaxilofacial e odontologia estética.

Este procedimento é uma combinação do uso do laser com o gel clareador. Uma sessão rápida com várias luzes simultâneas ajuda a acelerar o processo de branqueamento. Bastam duas sessões de aplicação, com intervalo de uma semana entre elas, para obter o resultado esperado.

Receitas caseiras podem prejudicar seus dentes

É possível encontrar na internet várias receitas caseiras que utilizam ingredientes diversos, como bicarbonato de sódio, pasta de morango, vinagre, carvão e casca de banana por exemplo.

Podem até ser receitas de custo menor, mas é o barato que pode lhe custar caro. Esse tipo de receita é pouco efetiva e sua ação é apenas superficial. E ainda podem prejudicar o seu dente por causa das substâncias abrasivas utilizadas.

Tais substâncias podem ser até corrosivas e só resolvem de forma momentânea o problema do amarelo no sorriso. A longo prazo, podem prejudicar o esmalte dos dentes, como esclarece a cirurgiã-dentista Adriana Oliveira Carvalho, professora da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia.

No caso do bicarbonato de sódio, que é altamente abrasivo, é potente para remover as manchas dos dentes e deixa uma aparência mais limpa. Porém, sua ação torna o esmalte do dente mais poroso e enfraquecido, causando desgaste na superfície externa.

Todos podem fazer o clareamento?

Tudo o que você precisa saber sobre clareamento dental, antes e depois

Isso depende não só do perfil e da faixa etária da pessoa, mas também de qual resultado se espera do clareamento. O tratamento não é aconselhado para jovens menores de 16 anos, mulheres gestantes ou lactantes e pessoas com sensibilidade nos dentes ou que possuem manchas nos dentes devido ao uso de tetraciclina.

Sobre o resultado esperado, vale ressaltar que o clareamento não torna o dente mais branco, mas sim devolve aos dentes a sua clareza natural. Portanto, o nível do clareamento esperado pode exigir a escolha do tratamento adequado, seja o caseiro, profissional ou a laser.

Quem tem muitas restaurações na arcada dentária não tem resultados efetivos de clareamento, uma vez que os agentes clareadores não funcionam sobre resina.

E ainda, se a pessoa sofre com algum problema respiratório, é preciso procurar o auxílio médico antes de proceder com o clareamento. Ao respirar pela boca, e cavidade bucal fica mais seca e isso pode causar manchas durante o branqueamento.

O que é proibido durante o tratamento?

Bebidas a base de cola ou mate, café, beterraba e suco de uva são itens proibidos durante o clareamento. Por quê? O branqueamento torna o dente mais permeável e aumenta as chances de absorção de pigmentos.

Refrigerantes, iogurtes, bebidas alcóolicas coloridas, legumes verdes, molhos escuros, molho de tomate, sucos e alimentos coloridos artificialmente não devem ser consumidos durante o período do clareamento.

Sobre os refrigerantes e iogurtes, são produtos que trazem ácidos e subprodutos acidíferos na sua composição e causam algum tipo de desmineralização do esmalte dentário.

Outro hábito contrário ao clareamento dos dentes é o tabagismo. O cigarro torna os dentes mais amarelados e ainda causam mau hálito.

Bactérias presentes na saliva e na boca também podem prejudicar o clareamento. A higiene oral eficiente e o uso de creme dental com flúor são essenciais durante o tratamento.

Qual é a duração do efeito clareador?

Tudo o que você precisa saber sobre clareamento dental, alimento

O resultado do tratamento pode durar entre dois e cinco anos. Mas isso também depende do nível de cuidado que você vai ter após o clareamento dental. A atenção com a higiene bucal e com a alimentação podem ser seus aliados para um sorriso claro por mais tempo.

Há também alguns alimentos que auxiliam na redução das bactérias da boca, como maçã, pera, cenoura, aipo, couve-flor e pepino.

Consulte seu dentista

Para todos os efeitos, você precisa ouvir as recomendações do seu dentista antes de adotar algum procedimento clareador. Vale lembrar que, além dos fatores já listados aqui, a descoloração do dente também está ligada ao seu envelhecimento natural. Seguindo o máximo das recomendações que citamos no post, é possível conseguir resultados mais duradouros.

Tudo o que você precisa saber sobre clareamento dental, dentista

Use seu plano odontológico para um acompanhamento mais fácil e rápido. A ab. Corretora trabalha com planos de saúde e planos odontológicos que lhe dão acesso a uma rede credenciada ampla e qualificada. Faça sua cotação e adquira o plano dental. Cuidar da saúde começa pela boca!

Facebook Comments
%d blogueiros gostam disto: