Espante o estresse com a prática do mindfulness

O estresse faz parte de um mecanismo fisiológico do organismo, que libera uma série de substâncias, como a adrenalina, para nos ajudar a enfrentar situações de tensão e perigo. Sem ele não sobreviveríamos!

Mas, quando os períodos de tensão se tornam crônicos em nossa rotina, ficamos sujeitos a sérios problemas de saúde, que vão desde doenças cardíacas, até episódios de depressão.

Quem está vivenciando níveis elevados de estresse deve ficar atento! O primeiro passo é buscar relaxar, para depois, com a energia reposta e a mente descansada, pensar em maneiras de enfrentar o problema.

Uma técnica que tem se tornado bastante comum no combate ao estresse é o mindfulness, termo em inglês para “atenção plena”. De origem budista, o conceito envolve o desenvolvimento da autoanálise, ajuda a controlar as emoções e aprimorar o bem-estar. A prática é estudada cientificamente há mais de 40 anos e seus efeitos são comprovados.

Assim como tantas outras habilidades, o mindfulness pode ser treinado e apresentar resultados progressivos bastante positivos.

Veja a seguir como praticar o mindfulness:

  •  Tempo: Reserve de 10 a 20 minutos do dia para cada exercício;
  •  Respiração: Sente-se confortavelmente em um lugar silencioso. Respire profundamente e solte o ar devagar, focando nas sensações do seu estômago, peito ou narinas.
  • Uva passa: esse é um dos exercícios mais conhecidos nas academias de mindfulness mundo a fora. Trata-se de acariciar uma uva passa delicadamente, sentindo suas formas e observando todos os seus detalhes e cores. Depois, com os olhos fechados, sinta-a novamente em sua mão. Coloque-a na boca e explore-a com a língua. No final, mastigue-a sem pressa, percebendo o seu sabor e como ela se funde com a saliva. Depois de engolir calmamente, note como ela cai pela garganta e se integra ao seu interior.

    Esse exercício ajuda a se concentrar no momento presente e pode ser experimentado com outros alimentos.

  • Desenhar e colorir: vimos nos últimos tempos uma explosão de ofertas de livros de desenhar e colorir para adultos nas livrarias. Se você achou que isso era apenas uma nova moda, você está enganado. Desenhar e colorir traz muitos benefícios para a obtenção do estado de atenção plena. Com apenas uma folha de papel e alguns lápis de cor, podemos nos concentrar e nos conectar com o nosso lado criativo, reduzindo a ansiedade e o estresse.

    Na internet é possível encontrar uma infinidade de desenhos, principalmente mandalas, consideradas por Carl Jung, renomado psiquiatra suíço, como a “única terapia que pode ser feita sozinho”.

  • Caminhe meditando: nesse exercício você se concentra em seus passos; nos pés tocando e deixando o chão; e na respiração. É muitas vezes praticado andando-se para frente e para trás, em 10 passos, embora possa ser praticado em qualquer distância.

Ser totalmente consciente do que está ocorrendo aqui e agora é um desafio. Mas, com prática e perseverança é possível alcançar a serenidade ideal para lidar com a vida como ela deve ser, sem estresse e ansiedade. Que tal começar a praticar o mindfulness agora mesmo?

Fonte: SulAmérica Saúde Ativa

Facebook Comments
%d blogueiros gostam disto: