15 falhas em veículos que usam combustível adulterado

Abastecer um veículo pode custar caro no cenário econômico atual. A recente alta nos preços dos combustíveis faz com que a procura pela melhor oferta seja ainda maior. Mas sempre há o risco do combustível adulterado. Porém, carros e motos nos dão sinais de quando o condutor abastece com o álcool ou a gasolina ruim daquele posto “mais em conta”.

Reabastecer em estabelecimentos cujo a procedência é desconhecida apenas pela economia pode prejudicar o desempenho do motor do seu carro ou sua moto. Combustíveis de má qualidade faz com que os parâmetros de injeção sejam alterados, como a quantidade e o momento em que o combustível entra na câmara de combustão), o que a princípio pode gerar um consumo maior.

Para se ter ideia, a queima do combustível com maior índice de etanol é diferente da queima com baixo índice do biocombustível. Desde 2015, a gasolina premium tem 25% do seu volume composto por etanol, contra 27% da gasolina comum e da aditivada.

15 possíveis falhas no veículo com combustível adulterado, posto

Padrões de fábrica

Misturas fora do padrão podem ser detectadas pelo veículo, que é programado pela fábrica para trabalhar com um limite de qualidade de combustível. Quando isso acontece, a “luz de injeção” acende no painel, avisando ao condutor que o motor está funcionando fora dos padrões pré-estabelecidos. Sinal de combustível ruim!

Nos motores, a injeção pode utilizar sondas para detectar a qualidade da gasolina ou do etanol utilizados. São sensores lambda que medem a quantidade de oxigênio presente nos gases de escape. Esses dados são utilizados para alterar o ponto de ignição, que é a mudança no tempo de injeção e na quantidade de combustível injetados.

15 possíveis falhas causadas pelo uso do combustível ruim

15 possíveis falhas no veículo com combustível adulterado, carro

  • Falhas na partida;
  • Consumo excessivo;
  • Danos ao filtro de combustível
  • Danos às velas e bombas do motor;
  • Perda repentina de potência;
  • Perda de desempenho;
  • Barulhos incomuns no motor;
  • Falhas no escapamento;
  • Falhas nas passagens de marcha;
  • Maior aquecimento;
  • Formação de borra no óleo;
  • Entupimento do carburador;
  • Maior carbonização nos pistões e válvulas.
  • Falhas nas velas.
  • Formação residual no tanque.

Custo de manutenção

15 possíveis falhas no veículo com combustível adulterado, moto

O menor preço na bomba pode trazer um custo mais alto de manutenção, seja para o carro ou para a moto. Combustíveis fora das especificações podem provocar estragos no motor e no seu bolso. Portanto, evite abastecer com etanol ou gasolina sem saber a procedência dos mesmos.

Verifique se o combustível fornecido pelo posto foi inspecionado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). Em caso de dúvida, você pode solicitar ao frentista o teste da proveta para medir a qualidade do produto, e a nota fiscal.

Central de atendimento

15 possíveis falhas no veículo com combustível adulterado, gasolina

A ANP disponibiliza ao consumidor sua central telefônica, pelo número 0800 970-0267, para tirar dúvidas ou fazer denúncias. Caso seja constatada uma adulteração, o posto pode ser multado e até fechado, e o consumidor pode ter eventuais prejuízos ressarcidos mediante comprovação.

Facebook Comments
%d blogueiros gostam disto: